Resenha | Querubins – A Sentença da Espada – Martha Ricas


Olá amores! 
Hoje a resenha é do livro da nossa autora parceira Martha Ricas, que tive a chance de conhecer no Leiturimpíada em janeiro. Se você gosta de anjos e da eterna batalha entre bem e mal, você não pode deixar de conferir esse livro. 

Sinopse: Uma guerreira do céu; Uma dama vitoriana; Uma guerra invisível. 
Querubins, a sentença da espada é um relato em duas vozes: a da querubim Chaya, enviada a uma vila celta pré-cristã e que não vê no homem um ser especial, mas com um espírito guerreiro que não a deixa fugir de uma batalha, e a de Mary Grace, uma donzela da Inglaterra vitoriana atormentada por visões que não consegue desvendar. Ambas as tramas se desenlaçam por caminhos intrépidos e podem estar mais ligadas do que imaginam. Garota e a  querubim podem e precisam mudar o mundo em épocas diferentes. Seguindo os mesmos passos por cenários deslumbrantes e segredos cada vez mais profundos, elas o farão querer embarcar nas intrigas palacianas e nas batalhas angelicais. Recheada de paixão, mistério, ação e intrigas políticas, a trama é tão perturbadora quanto fascinante. 

Ficha Técnica: 
Editora: Novo Século 
Edição: 1 
Ano: 2015 
Gênero: Fantasia 
Páginas: 239 

Ver como a alma humana se alegrava com um simples amanhecer, como podiam capturar pequenas notas do que os serafins cantavam no Céu e transformar em pequenas canções incompletas, porém que faziam com que seus corações aquecessem e lágrimas escorressem pela face. 

Quando se trata de fantasia, os anjos são um dos seres que mais me encantam (só perdem para os vampiros) e, justamente, por isso que eu quis tanto ler esse livro. Para quem não sabe os Querubins são a casta de anjos guerreiros, são eles que travam as batalhas, que sacam suas armas e vão para as guerras. Nesse livro vemos a batalha entre anjos e demônios e como ela influi na sociedade. 

Chaya, uma querubim acostumada a devastar demônios nas batalhas, recebe a incumbência de se infiltrar em meio aos humanos em meados do século V, sua missão é salvar a um vilarejo da ação demoníaca e de um possível massacre por parte dos saxões. Paralelamente conhecemos Mary uma jovem artista que vive na Era Vitoriana e tem um dom incomum, sendo compreendida apenas pelo charmoso e misterioso Anton. 

Chaya e Mary são bem diferentes, enquanto a guerreira tem um temperamento forte e aprende a dominar seus impulsos e a lidar com os sentimentos humanos, a jovem Mary é reclusa, atormentada pelas visões que não entende se mantém afastada das pessoas. Ao longo da história ambas personagens evoluem, Chaya que sempre manteve distância dos humanos, percebe o quanto os “bonecos de barro” são fortes e consegue enxergar porque são tão especiais e quando Mary compreende sua missão ela se liberta do medo que a aprisionou durante toda a vida e se mostra corajosa e determinada. 

Dentre os personagens, você acaba se apaixonando por Anton uma alma perturbada pelas escolhas que fez dividida entre o bem e o mal, charmoso e sedutor, e cria um carinho especial por Vougan, que acolhe Chaya e mostra o melhor lado humano para ela. 

A história me surpreendeu bastante (sei que uso muito essa frase, mas é sempre verdade), gosto de figuras femininas que são fortes e a frente de seu tempo, como as personagens principais, além disso, a autora manteve uma delicadeza e uma sensibilidade durante a história no caso dos personagens e do enredo, que me encantou muito, e o desfecho foi inesperado, superando qualquer coisa que eu pudesse ter imaginado. 
Por enquanto, é isso amores, espero que tenham gostado! Se querem uma leitura leve e uma narrativa incrível leiam esse livro, mais um exemplo da qualidade da nossa literatura nacional. 

Até a próxima!
Beijosz! 

24 comentários:

  1. A resenha ficou realmente fantástica. Deu vontade de ler novamente. Parabéns! (www.julianafeivie.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah muito obrigada! :)
      Quando o livro me encanta fica fácil! rs

      Excluir
  2. Oi Bia, antigamente eu gostava bastante de livros sobre anjos, hoje em dia não tenho lido, agora leio mais sobre aliens hahahaha. Fantasia não tem feito muito meu gênero :/ Já havia ouvido falar sobre esse livro e, se não me engano, foi alguém elogiando também, então acho que é hora de rever meus conceitos né?
    Essa capa é linda!!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor!
      Acredito que é tudo questão de fase, mas os gêneros que gostamos sempre irão nos trazer boas surpresas! Talvez seja mesmo a hora de voltar pra fantasia.. rsrs
      Beijosz!

      Excluir
  3. Gostei bastante da tua resenha,por mais que tenha muita vontade de conhecer coisas sobre anjos,acredita que nunca li nada?!Vou ver se leio esse livro,pois além de ser nacional tem uma personagem feminina forte a frente do seu tempo e eu adoro isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim! :)
      E se quiser ler mais com essa temática procure A Batalha do Apocalipse do Eduardo Spohr... Eu gosto muito dos livros dele!
      Beijosz!

      Excluir
  4. Um dos generos literarios que eu mais gosto, é fantasia. Anjos me atraem de uma maneira que nao sei explicar. Adorei a resenha. Vou procurar o livro e assim que eu ler eu digo o que achei tambem.
    Bjocasss!!!

    http://livrosdalilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que quando se trata de fantasia eu prefiro vampiros rsrs.... Mas os anjos também me cativam muito, muito mesmo!
      Leia sim e obrigada!
      Beijosz!

      Excluir
  5. Nossa que massa primeira vez que vejo um livros sobre querubins. Muito boa a resenha, parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério???
      Então leia A Batalha do Apocalipse.. Fala muito sobre querubins (minha casta de anjos preferida)
      Beijosz!

      Excluir
  6. Que legal!! eu amo fantasia!!

    Nunca li livros sobre anjo ( não que eu me lembre) adorei a resenha! fiquei muito interessada !!

    Já coloquei na minha wishlist ( tem umas 10 páginas haha) obrigada pela dica!!


    Beijos
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      Espero que quando ler, goste do livro também!
      (Essas wishlists crescem sozinhas né? Kkk)
      Beijosz!

      Excluir
  7. Olá,

    Sempre vejo esse livro nos blogs por aí a fora, porém nunca li nenhuma resenha, gosto de não saber nada sobre os livros que me interessam. Fiquei bem empolgada para ler esse livro, adoro livros com uma pegada sobrenatural, e quando são anjos então, o amor aumenta hahaa.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah eu gostei bastante da forma como o sobrenatural foi colocado nesse livro!
      Espero que você leia e goste também!
      Beijosz!

      Excluir
  8. A resenha é bem dinâmica e de fácil leitura, mas esse gênero não costuma me agradar e dificilmente, eu leio algo assim. Mas ficou bem legal o post!

    Beijos Carol
    Blog com V

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! :)
      Ah eu gosto de tentar ler "de tudo um pouco" rs
      Beijosz!

      Excluir
  9. AMO livros que tem anjos e nunca tinha visto esse. Adorei e fiquei com muita vontade de ler. Principalmente por ter uma personagem forte.
    Beijinhos da Fran
    insidethebookssite.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah eu gosto bastante de livros com anjos, ainda mais quando são Querubins! rsrs
      Coloque na sua lista!
      Beijosz!

      Excluir
  10. Que capa incrível. No inicio eu tinha receio de ler livros que falam de anjos, mas depois que li Fallen, me apaixonei pelo gênero e agora eu to com muita vontade de ler esse. Obrigada pela dica, já entrou na wishlist

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou apaixonada por essa capa também!
      Fallen eu não li, mas gosto dos livros do Eduardo Spohr que também são sobre anjos!
      Beijosz!

      Excluir
  11. Apaixonada por sua resenha. O livro parece incrível e fantasia é fantasia né ❤

    Beijos,
    viajenumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh muito obrigada! *-*
      Sim, fantasia é fantasia!
      Beijosz!

      Excluir
  12. Oie, Bia!!!

    Livros de amorzinho e fantasia junto!!! Amo!!!

    Bjks e Boas Leituras!

    www.linguaeliteratura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simsim Fabi!
      Livro de amorzinho com fantasia é tudo né?!
      Beijosz!

      Excluir